EUA, democratas 02 – Obama contra-ataca

“Posso ter cometido um erro na semana passada com as palavras que escolhi, mas o outro partido tem infligido muitos mais danos com as suas políticas falhadas e filosofia ruinosa que escolheu nas últimas três décadas”. Num discurso proferido no encontro anual da The Associated Press (onde Mccain também discursou), Obama preferiu dirigir as suas criticas mais veementes ao seu opositor republicano, destacando desta forma o seu papel de frontrunner democrata à nomeação. Acrescentou também que Mccain “esteve na linha da frente nas políticas desastrosas dos últimos oito anos… e que agora pretende oferecer-nos mais quatro anos do mesmo.” Criticou ainda os cortes de impostos defendidos por Mccain, as promessas de privatização da Segurança Social e os Acordos de Comércio Livre, que os republicanos advogam.

Por fim, destacou que Hillary Clinton está a usar os argumentos que o Partido Republicano vai utilizar contra si em Novembro. E sejamos sinceros: caso seja Obama o nomeado, muitas das palavras, criticas e “elogios” que os republicanos lhe vão dirigir, virão directamente da “boca” de Hillary e Bill Clinton. Disso não tenhamos dúvidas.

no Eleições Americanas de 2008

Comentários