Irã ameaça Israel de retaliar com mísseis

O Irã tem mísseis de médio alcance capazes de atingir Israel, se este país lançar uma onda de bombardeios aéreos contra o programa nuclear do Irã, advertiu hoje o comandante da Guarda Revolucionária Iraniana, Mohammed Ali Jafari.

Um possível bombardeio dos Estados Unidos ou de Israel contra o Irã, que estaria desenvolvendo armas atômicas, é um dos motivos para a especulação que elevou o preço do barril de petróleo para US$ 143 na última sexta-feira, 27 de junho.

"Naturalmente, quando um país está sob ataque inimigo, usa toda a sua capacidade e todas as oportunidades para confrontar o inimigo", ameaçou Jafari.

Isto significa a mobilização total do povo iraniano e de aliados do Irã como o Movimento de Resistência Islâmica (Hamas) palestino ou a milícia fundamentalista xiita libanesa Hesbolá (Partido de Deus) para atacar os EUA e Israel.

O Irã não tem poder de fogo para enfrentar os EUA, mas pode complicar a situação dos americanos no Iraque

"Pensando na principal rota de energia, o Irã agir decisivamente para impor seu controle sobre o Golfo Pérsico e o Estreito de Hormuz, por ondam passam 40% do petróleo exportado no mundo.

Cf.: Vida Global

Comentários