O Morto e o Vampiro


Na capital de São Paulo, Marta não terá de bater com o Morto, mas com o Kassab!

E Serra mostra mais um dote: além de vampiro a cristianizar candidato de seu partido, evitou que o PFL, PDS, Arena, UDN ou sabe-se lá o que saísse de vez da cena, ao turbinar o demo Kassab.

Sob as bençãos das oligarquias midiáticas e da tucanalha desempregada desde 2002 e cada vez mais distante de voltar ao pote federal.

O dote de Serra é colocar água no pote dos demos, que, malgrado o mimo, foram pro beleléu com o grampinho neto [parabéns, Salvador!], o candidato do prefeito ex-blogueiro [RJ] e outros nanicos políticos por esse Brasil afora.

Comentários