kardecismo: Chico Xavier respalda ditadura militar, os "defensores da liberdade", e a eles pediu que orássemos

acabo de me lembrar o porque, lá no começo dos anos 80, a gente dizia que o espiritismo era cúmplice da ditadura.

Sabe o general Médici? Então, foram os anos mais negros e sangrentos da ditadura.

É o período de trevas, né?.

Não. Para o máximo expoente do espiritismo no país, os "espíritos conselheiros" lhe contaram que os garantidores da lei e da ordem no país, ou seja, Médici e os trogloditas da Ditadura, eram a garantia da formação do país como o Reino de Luz para o qual o povo brasileiro estava se encaminhando.

A liberdade estava garantida com a democracia trazida pelos militares, pontifica o sujeito.

Tudo isso está nesse video, em gravado em 1971.

Nele, o líder máximo do kardecismo no Brasil, Xico Chavier afirma essas enormidades [espíritos evoluídos não fazem questão de X ou CH, né? - ademais, tudo isso citado aqui, lá no filminho sobre ele, pra variar, foi parar embaixo do tapete. Será à toa que virou campeão de bilheteria?].

Para vocês não perderem tempo com seus sofismas, cito os melhores momentos:

Aos 2:00': defende abertamente a ditadura como democracia criada para evitar "ideologias desagregadoras".

Aos 3:10', que as forças armadas devem ser objeto livremente de nossa oração conforme jesus nos ensina

Aos 4:10', que os espíritos amigos que devemos "ter a custódia das forças armadas"

Aos 5:10', que os espíritos exigem vigilância contra aqueles que queiram impor ao povo, e esse gostar, uma "liberdade química", eufemismo da ideologia espírita para materialismo

Aos 6:40', que o Brasil agora desfruta da liberdade natural e vive sob o império da lei, encontra-se equilibrado no plano cósmico

7:50': "reverenciemos aqueles que estão guardando o sentido da ordem para o país", e os generais são como a luz do sol para a manutenção da lei

parte final: devemos agradecer porque vivemos sob o que nos garantem máxima liberdade, a que não prejudica a comunidade.


...

Comentários