tempos sombrios em decálogo com algumas perguntas e constatações


1) a se consolidar o naufrágio da Era da Política como Governabilidade dos anos 1986-2018, restará só o mimimi resignado ao "dever-ser" à política, com o "ser" reduzido ao neomedievo com a sua gestão pelo fundamentalismo cristão e de mercado?

2) ao se apropriar da pauta de extrema-direita consolidada pelos caquéticos do PSDB, quanto tempo para o golpe do CUnha, e ele se eleger Presidente da República a liderar tratamento de questões sociais com fuzilamento e a economia com privatização e entrega aos EUA e prepostos locais de tudo o que dá lucro?

3) restam ainda 42 meses dessa primeira fase do retorno ao medievo punitivo-privatizante-fundamentalista cristão-patrimonianlista.

4) edição do especial na TV com um dos gordinhos histéricos balançando a patinha a pressionar os 3 Bs  do congresso lembra a edição do JN dois dias antes de emplacarem o Collor em 1989.

5) Democracia sucumbe ao imaginário regressivo e histérico de gordinhos balançando suas patas em programas sensacionalistas décadas a fio, que agora pautam de vez o que se passa por Estado de Direito Realmente Existente.

6) figurações do neomedievo? 

6.1 a antecipada pelos tucanos de Goiás, a crescente entrega de escolas públicas cada vez mais à PM, em Goiás, 

6.2. a executada por Kassab em SP, entrega da gestão do próprio espaço urbano, loteado em fatias para coronéis da PM,

6.3 a sanha punitiva que se firma de vez com dominação no Congresso pelo neomedievo fundamentalista a tocar o terror.

7) quanto tempo até encarceramento preventivo de pretos e pobres de 5 a 18 "para garantir nossa segurança" em escolas-prisões e cidade-gueto? [obviamente prorrogáveis aos que não se dispuserem a usar avental branco a empurrarem carrinho de bebê de madame ou empregos afins] 

8) as bestas do apocalipse fascista finalmente começam a reduzir a pó de traque as configurações da resistência descomprometida ou cética ou em rede e tolerante com o plural enquanto fantasiamos todos podermos "mudar o mundo sem tomar o poder" sob a lógica do comum e blá-blá-blá.

9) oposição à esquerda segue pautada por mimimi de galera consumerista a defender diversidade horizontalizada, blogueira e anti-Estado

10) quando organizaremos algo antissistêmico e anticapitalista em escala nacional enquanto é tempo e antes de sermos encarcerados preventivamente "por razões de segurança"?

Comentários