ideologemas em tempos de neobarbárie

video

Estamos tão no fundo do poço, que mesmo um texto reacionário como esse linkado abaixo acaba por assumir lugar de destaque na luta antiobscurantista e desdogmatizante, luta aliás que a maioria ignora e estamos todos perdendo. 


Indo para além do trololó que se passa por filosofia não-eurocêntrica multidisciplinar, irrelevante como tudo o mais da área de humanidades sob tais recortes pífios e tão sedutores, quando tal trololó toma a vacina ou a teoria da evolução como "versão" à qual se contrapõe uma outra e se "denuncia a dominação" da ciência do homem branco etc., bem, o nome disso não é barbárie porque o próprio campo necessário para o reconhecimento do estado de barbárie já deixou de existir... 


Que os neotropicalistas tenham arrepios em seus umbigos ameríndios ao lerem isso, e espumem baba canibal intergaláctica defendendo seus ideologemas!

"Em sucessivas frentes, o consenso científico arduamente conquistado vai sendo moldado para acomodar crenças pessoais, religiosas ou não [...]

Vendo de longe, o mundo parece quase à beira de admitir que não existem verdades, apenas ideologias concorrentes –narrativas lutando contra narrativas.

Nessa guerra epistemológica, os mais poderosos são acusados de impor a sua versão da realidade –o "paradigma dominante"– sobre os demais, cabendo ao lado mais fraco reagir com suas próprias formulações. Tudo vira versão." (texto completo, clique aqui)

Comentários